Published Fevereiro 16, 2011 by sofiafurtado
Leia-me como se eu fosse um livro,

descobre-me em cada página,

conhece-me em cada palavra

Cheira-me com o mesmo desejo

com se cheira o papel novo,

toca-me com suavidade

e folheia-me a cada dia,

como se eu fosse o primeiro

livro que lês

Deixarei em mim

páginas com espaços em branco

para que tu mesmo,

escrevas e ilustres a nossa história

Nunca me feches

guarda-me junto a ti

para me leres nas horas boas e horas más,

abre o meu sorriso e inunda-te com ele,

beba as minhas palavras

e entra na minha vida,

esta que é, um livro que lês.

(Maria Flor )
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: